Moscovo assinala Dia da Marinha entre força e tradição

Moscovo assinala Dia da Marinha entre força e tradição
De  Antonio Oliveira E Silva
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Cerimónia teve lugar em São Petersburgo e contou com presença de cinco mil marinheiros.

PUBLICIDADE

A Rússia assinalou este domingo o Dia da Marinha com uma parada militar em São Petersburgo. O evento contou com a presença do Presidente Vladimir Putin.

A segunda cidade mais importante da Federação foi palco de toda uma demonstração de força. As autoridades russas, disseram, no entanto, que o objetivo era voltar à tradição e não apenas mostrar o poder militar do país.

Tradição que, segundo Moscovo, começou em 1714 com Pedro, O Grande. A cerimónia teve lugar nas margens do Rio Neva e no Porto de Kronstadt, uma pequena cidade na região de São Petersburgo.

Putin to participate in Navy Day celebration in Petersburghttps://t.co/MHMDrpG4atpic.twitter.com/e09Mccbpzq

— TASS (@tassagency_en) 29 de julho de 2017

Segundo a agência noticiosa Estatal russa TASS, cerca de cinco mil marinheiros estiveram presentes, vindos das frotas do Mar Báltico, do Mar Negro e do Mar Cáspio. Fizeram parte da parada 50 navios e submarinos, enquanto 40 aviões e helicópteros sobrevoavam a cidade. Um dos submarinos presentes é o maior submarino nuclear do mundo, o Dmitry Donskoy.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

A força da marinha russa

Diplomatas estrangeiros na Rússia prestam homenagem às vítimas do Crocus City Hall

Rússia detém homem do Quirguistão suspeito de estar envolvido no último ataque a Moscovo