Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Reino Unido quer fronteira aberta entre as Irlandas

Reino Unido quer fronteira aberta entre as Irlandas
Tamanho do texto Aa Aa

Divulgada esta quarta-feira, a proposta do Reino Unido para a fronteira entre a Irlanda do Norte e a República da Irlanda promete tornar-se num verdadeiro quebra-cabeças no quadro das negociações do “Brexit.”

Londres contempla uma solução flexível e aberta, sem postos de controlo nem câmaras de vigilância.

O coordenador do Parlamento Europeu para o “Brexit”, Guy Verhofstadt, diz que a existência de “fronteiras invisíveis” entre o espaço da UE e um país terceiro é uma “fantasia.”


Da Comissão ouvem-se alertas.

“Reiteramos o que Michel Barnier disse antes. Temos de discutir como manter a área comum de livre circulação e proteger, em todas as dimensões, o Acordo de Sexta-feira Santa. É essencial que tenhamos uma discussão política sobre esta matéria antes de olhar para soluções técnicas”, disse Annika Breidthardt, porta-voz da Comissão Europeia.

Empenhado em evitar uma fronteira rígida, o executivo britânico já fez saber que fará todos os possíveis para que o Acordo de paz de Sexta-feira Santa, firmado em 1998, não fique em xeque.
A criação de uma fronteira no mar Irlanda é considerada não só inconstitucional como economicamente inviável.