EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

A Áustria virou à direita na eleição deste domingo

A Áustria virou à direita na eleição deste domingo
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied
PUBLICIDADE

A Áustria virou à direita na eleição legislativa deste domingo, com a vitória dos conservadores do OVP, liderados pelo jovem Sebastien Kurz.

“Foi com um forte aplauso que foi recebido o resultado da eleição aqui na sede do Partido do Povo. As cores do novo governo ainda não são conhecidas, mas, uma coisa é certa: o vencedor da eleição é o OVP”, refere o enviado da Euronews a Viena, Bozsik Dániel.

“Estou muito contente com o resultado. Alcançámos o que queríamos, ou seja, temos o maior número de votos. Sim, penso que é tempo de mudança e os eleitores queriam isso”, diz uma eleitora.

O SPO, o Partido Social Democrata, do chanceler Christian Kern, foi neste escrutínio relegado para o segundo lugar, com 26,9% dos votos.

Uma jovem garante que vão ser “uma oposição forte e lutar contra a viragem à direita a que se assiste na Áustria”.

A terceira força política é o ultranacionalista Partido da Liberdade (FPO) com praticamente o mesmo resultado dos sociais democratas. Os apoiantes sonhavam com um resultado ainda mais expressivo, como refere uma eleitora:
“Para mim é um resultado dececionante. Eu tinha contado com 30% de votos para o FPO, ou, pelo menos, um segundo lugar”.

Com um segundo lugar, todos os analistas apontam o eurocético FPO como parceiro mais provável da coligação que os conservadores vão ter que procurar, para formarem o próximo governo.

O presidente Van der Bellen já confirmou que vai encarregar Sebastien Kurz de formar o governo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Chanceler austríaco saúda Sunak pelo plano de deportação para o Ruanda

Josef Fritzl, que prendeu e violou a filha durante 24 anos, pode ser transferido para prisão normal

Rebenta na Áustria o maior escândalo de espionagem das últimas décadas