Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Chamadas de emergência não foram feitas do San Juan

Chamadas de emergência não foram feitas do San Juan
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Marinha argentina garante que as chamadas de emergência recebidas no sábado e apresentadas como um possível sinal de vida da tripulação do ARA San Juan não foram realizadas do submarino.
Cinco dias depois de efetuado o último contacto, os esforços concentram-se nas operações de busca.

“Dadas as condições meteorológicas na área de operações, os esforços são essencialmente aéreos. As condições do mar estão a dificultar o trabalho das unidades à superfície” refere Gabriel Gonzalez, vice-almirante da Marinha da Argentina

Mais de uma dezena de navios e aviões continuam a tentar localizar a embarcação com 44 pessoas a bordo.

As autoridades argentinas evocam para já a possibilidade de um problema elétrico ter afetado as comunicações do submarino, descartando a possibilidade de um incêndio a bordo.

A armada do país já fez saber a embarcação transporta víveres para pelo menos mais 15 dias de navegação.