EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Oscar Pistorius recorre ao Tribunal Constitucional

Oscar Pistorius recorre ao Tribunal Constitucional
Direitos de autor  REUTERS/Siphiwe Sibeko
Direitos de autor  REUTERS/Siphiwe Sibeko
De  Euronews com Reuters
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Oscar Pistorius recorre ao Tribunal Constitucional, depois de a pena ter sido agravada de seis para 13 anos de prisão. Campeão parolímpico sul-africano alega que foram ignoradas as circunstâncias atenuantes do crime.

PUBLICIDADE

O campeão paraolímpico sul-africano Oscar Pistorius apresentou um recurso ao Tribunal Constitucional, sobre a pena de 13 anos de prisão a que foi condenado pelo homicídio da namorada. A pena tinha sido agravada no final de novembro, passando de seis para 13 anos de prisão. O atleta considera que o Tribunal ignorou as circunstâncias atenuantes do crime e pede que seja reposta a sentença anterior.

Oscar Pistorius foi condenado pelo homicídio da namorada, a modelo Reeva Steenkamp, com quatro tiros disparados contra a porta da casa-de-banho em fevereiro de 2013. O atleta medalhado sempre alegou que pensava que estava a disparar contra um ladrão.

Pistorius já cumpriu mais de dois anos de prisão, num estabelecimento perto de Pretoria, adaptado para pessoas com deficiência.

No início de dezembro ficou ligeiramente ferido numa rixa relacionada com a utilização de um telefone público na prisão.

O primeiro corredor duplamente amputado a participar em Jogos Olímpicos fez história em 2012 ao chegar às semi-finais nos 400 metros em Londres e a ganhar duas medalhas de ouro nos Paraolímpicos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Oscar Pistorius libertado da prisão

Oscar Pistorius arrisca 15 anos de prisão pelo homicídio da namorada

Oscar Pistorius nega tentativa de suicídio