Última hora

Última hora

Nicolás Maduro oferece aumentos de 40%

Em leitura:

Nicolás Maduro oferece aumentos de 40%

Nicolás Maduro oferece aumentos de 40%
Tamanho do texto Aa Aa

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, quis começar 2018 com menos contestação e, no último dia de 2017, anunciou um aumento de 40% em todas as pensões e salários dos funcionários públicos.

A medida é uma nova tentativa de neutralizar a explosão de preços numa economia em hiperinflação.

"Estou a anunciar um aumento de 40% do salário mínimo nacional e de todos os escalões salariais em todo o país. Professores, militares, policiais, médicos, funcionários públicos," declarou Nicolás Maduro.

Maduro disse que 2017 foi um ano em que os venezuelanos estiveram sob um cerco de desestabilização, violência armada e bloqueio económico liderado pelo presidente norte-americano Donald Trump.

A Venezuela está no topo dos países com as maiores reservas de petróleo do mundo, mas sofreu um colapso político e económico quando, há três anos, o preço do petróleo caiu.

A escassez de alimentos e remédios afeta a esmagadora maioria dos venezuelanos que lutam para pagar produtos e serviços básicos com rendimentos que são insuficientes.

Os políticos da oposição dizem que a recusa de Maduro em rever o modelo económico do estado venezuelano e parar a emissão excessiva de bolívares só criará mais miséria em 2018.

De acordo com números divulgados no início de dezembro pelo Congresso liderado pela oposição, a taxa de inflação de 2017 seria superior a 2000%.