A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Diretor da Oxfam presta contas aos deputados britânicos

Diretor da Oxfam presta contas aos deputados britânicos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Depois das confissões do antigo responsável local e da revelação de alegadas pressões sobre testemunhas, chegou a hora do ato de contrição por parte da Oxfam. A organização não-governamental de de combate à pobreza apresentou formalmente desculpas ao Haiti, pelo envolvimento de responsáveis desta ONG com prostitutas, incluindo menores, depois do terramoto de 2010.

Este pedido de desculpas chega antes do diretor-geral da Oxfam, Mark Goldring, ter de prestar contas perante os deputados britânicos. Goldring vai responder perante a comissão de desenvolvimento internacional. Esta comissão quer ouvir vários funcionários, não só da Oxfam, como do próprio governo britânico, sobre o que sabiam e o que fizeram a respeito do comportamento das pessoas no terreno.

Um antigo alto funcionário da Oxfam confessou ter pago para ter sexo com prostitutas, mas rejeitou a acusação de recorrer a menores. Outros funcionários foram acusados de ameaçar fisicamente testemunhas. Este é o caso que está a abalar a reputação desta ONG.