Filha de espião russo fora de perigo

Exterior da casa de Skripal em Salisbury
Exterior da casa de Skripal em Salisbury
De  Joao Duarte Ferreira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Autoridades russas afirmam que Yulia Skripal já não está em estado crítico e está a recuperar rapidamente.

PUBLICIDADE

As autoridades britânicas afirmam que o estado de saúde de Yulia Skripal, filha do antigo espião no centro da crise entre o Reino Unido e a Rússia, está a melhorar rapidamente e já não se encontra em estado crítico.

Na quarta-feira, as autoridades revelaram ser provável que ambos tenham sido contaminados à porta de casa pois teria sido aí que se detetaram as maiores concentrações do agente neuro-tóxico.

As autoridades russas contudo denunciam a falta de acesso.

"Nós estamos a testemunhar os obstáculos colocados a representantes russos no acesso a cidadãos russos feridos. Por isso, o Reino Unido viola abertamente as normas da lei internacional", afirma a porta-voz do Ministério russo dos Negócios Estrangeiros, Maria Zakharova.

Há quase quatro semanas que Yulia e Sergei Skripal deram entrada no hospital após terem sido encontrados em estado grave devido ao contacto com um agente neuro-tóxico.

Os médicos adiantam que o estado de saúde de Sergei Skripal permanece crítico mas estável.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Crise diplomática entre Rússia e Reino Unido agrava-se

Caso Skripal: eurodeputados reagem a posição de Portugal

Caso Skripal: A Euronews nas ruas de Moscovo