Perto da prisão, longe do Planalto - Brasil reage à decisão sobre Lula

Perto da prisão, longe do Planalto - Brasil reage à decisão sobre Lula
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A rejeição do "Habeas Corpus" por parte do Supremo Tribunal Federal deixa Lula afastado da corrida presidencial. A prisão está iminente.

PUBLICIDADE

Mais perto da prisão e mais longe do Palácio do Planalto - O Supremo Tribunal Federal do Brasil foi implacável e recusou ao ex-presidente Lula da Silva o pedido de Habeas Corpus, que lhe permitiria ficar em liberdade até todos os recursos estarem esgotados e deixaria a porta aberta para uma candidatura às presidenciais deste ano. A opinião dos brasileiros divide-se entre os que consideram a prisão merecida e os que qualificam esta ofensiva legal de "perseguição". Lula é acusado de corrupção em vários processos.

Num comunicado, a equipa de advogados de Lula considera que a decisão viola a dignidade da pessoa humana e anuncia que vai tomar todas as medidas possíveis para evitar que a antecipação da pena seja executada. Tendo em conta a prisão iminente de Lula, o Partido dos Trabalhadores marcou uma reunião de emergência. Apesar de todos os problemas com a justiça, Lula está à frente nas sondagens para as eleições de outubro.

"Tweets" a favor e contra o ex-presidente brasileiro. A opinião pública do país está dividida, mas Lula mantém-se à frente nas sondagens.
Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Lula diz que prisão imediata é "um absurdo"

"Ser Presidente na América Latina é um ofício perigoso"

Dezenas de milhares de brasileiros saíram à rua para mostrar apoio a Bolsonaro em São Paulo