A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Religião "maradoniana" ganha uma capela sistina muito especial

Messi como Adão na recriação da "capela sistina maradoniana"
Messi como Adão na recriação da "capela sistina maradoniana"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Uma "capela sistina maradoniana" está a dar que falar em Barracas, na Argentina, onde o clube de formação de futsal Sportivo Pereyra está a ficar famoso pela recriação divina de acordo com os mandamentos da Igreja Maradoniana fundada a 30 de outubro de 1998 -- celebra este ano duas décadas.

A elevação do antigo futebolista argentino a Deus congrega mais de 40 mil fiéis e agora tem mais um altar de oração, este destinado a jovens promessas do futebol argentino.

Ricardo Elsegood, o treinador principal do Sportivo Pereyra, sublinha a premissa que "Diego Maradona é um Deus" e por isso assume essa mesma posição no desenho que agora existe no teto do pavilhão do clube, recriando o famoso fresco de Miguel Ângelo pintado e 1511 na Santa Sé recriando o momento divino em que Deus criou o primeiro homem à sua imagem.

"Para todos, ele é o '10'. Para apóstolos, tentámos encontrar jogadores com bons pés e que tenham jogado na seleção. O Adão é o Messi porque ele é a ressurreição do futebol, está ao nível dos melhores e é a criação do homem enquanto futebolista", explicou Elsegood.

O Sportivo Pereyra é um clube de formação de futsal cujo lema diz "cada miúdo tirado da rua, é um título alcançado", lê-se à entrada do pavilhão desportivo.

Um destes miúdos é Thiago Garcia, de 11 anos, que se inspira olhando para o teto e dedicando golos a Messi.

"Olhar o teto inspira-me. Quando marco um golo dedico-o a Messi e sinto que ele está ao meu lado", diz-nos Thiago, quem sabe um futuro "10" da seleção argentina.

Com a bênção de Maradona e Messi, e o olhar de apóstolos na linha de Batistuta, Riquelme ou Aguëro, o Sportivo Pereyra acaba de se sagrar vice-campeão infantil, na categoria de 2007, da Taça dos Campeões do futsal da Argentina.