A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Nova Iorque quer limitar licenças de serviços como Uber

Nova Iorque quer limitar licenças de serviços como Uber
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades municipais de Nova Iorque votaram no sentido de limitar o número de licenças concedidas anualmente a serviços de táxi digitais como a Uber e Lyft.

A decisão faz parte de um pacote de medidas destinadas a regular o setor. A ser aprovado, o pacote inclui a imposição de um salário mínimo para os condutores.

A Uber já reagiu condenando a iniciativa. A aplicação digital afirma que oferece uma alternativa aos serviços de transportes públicos da cidade que classifica como desadequados.

As autoridades locais afirmam que o trânsito na cidade está a ficar cada vez mais congestionado e responsabilizam o aumento no número de condutores que trabalham para estas aplicações.