EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

'Cosby Show' em prisão de segurança máxima

'Cosby Show' em prisão de segurança máxima
Direitos de autor 
De  João Paulo Godinho
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O ator americano, de 81 anos, vai cumprir a sentença - de um mínimo de três anos a um máximo de dez - numa prisão de segurança máxima perto de Philadelphia.

PUBLICIDADE

O ator norte-americano Bill Cosby começou já a cumprir o primeiro dia da pena de três a dez anos de prisão por abuso sexual.

O centro correcional de Montgomery foi apenas a primeira paragem no encarceramento do ator outrora conhecido como o 'Papá da América', devido à sua participação em programas imensamente populares, como o 'Cosby Show', emitido no final dos anos 80 do século passado.

A sentença decretada pelo tribunal será levada a cabo na prisão SCI Phoenix, um estabelecimento prisional de segurança máxima inaugurado em julho e que tem capacidade para 3830 presos.

Neste momento, a prisão está a meio da sua capacidade, por ser tão recente, e Cosby não terá direito a privilégios por ser uma celebridade, garantiu a porta-voz do departamento correcional, Amy Worden: "Ele será tratado como os outros prisioneiros".

Cosby, de 81 anos, foi considerado culpado de três acusações de agressão sexual agravada em 2004 a Andrea Constand, uma amiga do ator. A defesa do ator em tribunal assegurou de imediato que iria recorrer da sentença.

Este foi o caso que fez Bill Cosby cair em desgraça, mas ao longo de décadas mais de 60 mulheres acusaram o comediante de assédio sexual e algumas assistiram agora à leitura da sentença no tribunal.

Lise-Lotte Lublin, uma das vítimas, salientou que a sociedade já sabe que Cosby é aos 81 anos um "criminoso" e que este "devia mostrar arrependimento".

Já outra vítima chamada Sunni Welles confessou que não consegue perdoar Cosby e que espera que ele sofra aquilo que as 63 mulheres que o denunciaram sofreram na pele. Sunni Welles apelidou ainda o comediante de "violador em série" e disse que este "sempre foi, é e sempre será um predador".

Bill Cosby é, assim, a primeira celebridade a ser condenada por abuso sexual depois de ter surgido o movimento #MeToo, no final do ano passado, expondo dezenas de casos de abusos e assédio em Hollywood e noutras esferas da sociedade dos Estados Unidos da América.

Outras fontes • CNN / The New York Times

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Jeffrey Epstein: JPMorgan Chase livra-se de acusação de facilitar tráfico sexual

Turista espanhola violada por um grupo na Índia

Principal suspeito do rapto de Madeleine McCann volta a tribunal na Alemanha