EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Erdogan "preocupado" com desaparecimento de jornalista saudita

Erdogan "preocupado" com desaparecimento de jornalista saudita
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Presidente turco diz que está a acompanhar pessoalmente a investigação

PUBLICIDADE

O Presidente turco está a acompanhar pessoalmente o caso do desaparecimento do jornalista saudita Jamal Khashoggi. Crítico do regime de Riade e exilado no exterior, Kashoggi está desaparecido desde terça-feira.

As autoridades turcas acreditam que o jornalista foi assassinado no consulado da Arábia Saudita em Istambul. Tayyip Erdogan mostra-se preocupado mas tem esperança de um desfecho diferente. "Tudo está a ser investigado, incluindo entradas e saídas do consulado. Partidas e chegadas do aeroporto também estão a ser investigadas," afirma o chefe de Estado turco.

Kashoggi foi visto pela última vez no interior do consulado saudita, onde foi levantar documentos necessários para o casamento. Foi aliás a sua noiva que deu o alarme, quando não regressou.

É considerado um dos mais influentes jornalistas sauditas e estava a viver nos Estados Unidos há um ano. Escreve para o Washington Post e tem mais de um milhão de seguidores no Twitter.

Esta semana, o jornal norte-americano deixou em branco o espaço onde deveria estar a coluna de opinião de Kashoggi com o título: uma voz em falta.

Fonte oficial citada pela agência Reuters diz que tudo indica que o jornalista morreu dentro do consulado num "assassinato premeditado".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Jornalista saudita terá gravado momento da morte

Corrupção: Rubiales será detido quando voltar a Espanha em abril. "Responderei a tudo", garante

Rubiales investigado sobre contratos da Supertaça na Arábia Saudita