Última hora
This content is not available in your region

Khashoggi morreu por estrangulamento, diz procurador

euronews_icons_loading
Khashoggi morreu por estrangulamento, diz procurador
Tamanho do texto Aa Aa

Jamal Khashoggi terá sido morto por estrangulamento assim que entrou no consulado saudita em Istambul e depois desmembrado. São as primeiras conclusões do inquérito, agora comunicadas pelo procurador da cidade turca. Segundo esse relatório, o crime terá sido premeditado.

O comunicado chega dois dias depois da reunião entre as procuradorias da Turquia e da Arábia Saudita, que foi inconclusiva.

Khashoggi era um crítico do regime saudita a viver nos Estados Unidos. Nesse dia tinha ido ao consulado tratar de formalidades para o futuro casamento com uma mulher turca.

O caso está a gerar tensão entre Riade e as potências ocidentais. O príncipe herdeiro Mohammed Bin Salman nega qualquer envolvimento da família real saudita e condena o assassínio.