Última hora

Última hora

Favoritos abandonam Rota do Rum

Em leitura:

Favoritos abandonam Rota do Rum

Favoritos abandonam Rota do Rum
Tamanho do texto Aa Aa

Começaram cedo os problemas na edição deste ano da Rota do Rum.

Um dia depois de terem saído de Saint-Malo, no noroeste de França, as vagas e ventos fortes do Atlântico fizeram mossa nalgumas embarcações.

Dois dos favoritos à vitória, os maxi-trimarã de Sébastien Josse e Thomas Coville tiveram de parar no porto da Corunha, na Galiza, e para Josse a prova já terminou.

Mas o pior ainda está para vir. A meteorologia prevê uma grande tempestade no Atlântico, esta terça-feira, com ventos a rondar os cem quilómetros hora.

Yann Eliès, skipper Ucar-StMichel:

"À minha frente, está tudo cinzento. Vemos bem que o tempo vai piorar. Penso que depois de um início a toda a velocidade, vamos passar para um modo de segurança"

A tempestade poderá colocar em risco o objetivo que muitos dos 123 participantes desta prova em solitário tinha à partida.

Conseguir atravessar o oceano e ligar o noroeste de França até Pointe-à-Pitre, nas ilhas Guadalupe, em menos de uma semana.