Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Turquia diz ter partilhado gravações do assassinato de Khashoggi

Turquia diz ter partilhado gravações do assassinato de Khashoggi
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, confirmou a existência de gravações do assassinato do jornalista e escritor Jamal Khashoggi, a 2 de outubro no consulado saudita em Istambul. Alega ter partilhado estas informações com os EUA, Reino Unido e com a Arábia Saudita - entre outros países. O jornalista estava exilado nos Estados Unidos desde 2017 e era um crítico dos governantes sauditas.