Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Confrontos entre mexicanos e migrantes na fronteira

Confrontos entre mexicanos e migrantes na fronteira
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Chegaram à fronteira com os EUA depois de dias e dias, quilómetros e quilómetros. Já sabiam que a receção norte-americana não ia ser a melhor mas não esperavam que ainda do lado do México fossem apanhados em confrontos.

Os habitantes de Tijuana, a cidade do méxico que faz fronteira com os EUA, estão contra a chegada das caravanas que vêm do sul e foram claros em relação a isso mesmo.

Os confrontos entre residentes mexicanos e migrantes, maioria vinda das Honduras, aumentaram na noite de quinta para sexta-feira, com a chegada de 1500 pessoas provenientes da América Central.

Acusam os recém-chegados de tentaivas de roubo.

"- O que é que te vão roubar? O pouco ccabelo que tens?" perguntou um migrante a um mexicano careca.

"Isto não é discriminar, não é ser racista, só queremos segurança nas praias de Tijuana. Não queremos que mais migrantes venham para aqui." admitiu um dos residentes da cidade mexicana.

A fronteira apertada, como Donald Trump assim quis, não dá hipótese a que algum sonho americano seja cumprido.