Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Submarino "San Juan" implodiu no fundo do Atlântico sul

Submarino "San Juan" implodiu no fundo do Atlântico sul
Tamanho do texto Aa Aa

O submarino argentino "San Juan", desaparecido há mais de um ano, terá implodido muito próximo do fundo marinho onde foi agora finalmente localizado, no Atlântico sul.

Numa conferência de imprensa realizada este sábado em Buenos Aires, a marinha argentina mostrou as primeiras imagens do submarino naufragado.

As fotografias registadas pela empresa americana Ocean Infinity, contratada em setembro pelo governo argentino e responsável agora pela descoberta, mostram o colpaso no casco do "San Juan", encontrado a 907 metros de profundidade e não muito longe da zona de onde terá recebido o último sinal do submergível.

Para o ministro da Defesa argentino, "agora que já foi encontrado o submarino, fica a faltar averiguar quais foram as causas do colpaso do submarino e perceber se há responsáveis pela tragédia".

"A eventual operação de extração do submarino está dependente da tecnologia existente. Todos os envolvidos a veem como uma operação muito difícil, mas neste mundo por vezes surgem algumas surpresas ao nível da tecnologia", admitiu o ministro Oscar Aguad.

O "San Juan" desapareceu dos sonares a 15 de novembro do ano passado com 44 tripulantes a bordo quando rumava a Mar del Plata.

As famílias das vítimas vão ser informadas nos próximos dias pelo governo sobre a localização do submarino e o presidente da Argentina Mauricio Macri vai decretar finalmente luto nacional pelos tripulantes do "San Juan."