Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Carlos Ghosn detido no Japão

Carlos Ghosn detido no Japão
Tamanho do texto Aa Aa

Carlos Ghosn foi detido em Tóquio por suspeita de evasão fiscal e desvio de fundos. O patrão da Renault-Nissan foi sujeito a interrogatório pelas autoridades nipónicas.

Ao que tudo indica, Ghosn pode vir a ser afastado das suas funções à frente do grupo automóvel que inclui ainda a Mitsubishi.

Na bolsa de Paris, as ações da Renault caíram mais de 12%. Num comunicado, a Nissan afirmou que, durante vários anos, Ghosn "declarou ao fisco rendimentos inferiores aos montantes reais".

A construtora revela também que o presidente do conselho de administração utilizou sistematicamente "bens da empresa para usufruto pessoal".