Última hora

Última hora

Haddad é arguido por corrupção

Haddad é arguido por corrupção
Tamanho do texto Aa Aa

Fernando Haddad caiu, também ele, nas malhas do combate à corrupção no Brasil. O candidato do Partido dos Trabalhadores às últimas presidenciais, derrotado por Jair Bolsonaro, foi constituído arguido por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Em causa estão 2,6 milhões de reais, o equivalente a mais de 600 mil euros, que terá recebido de uma construtora para pagar uma dívida referente à campanha para a Prefeitura (Câmara Municipal) de São Paulo em 2012.

O dinheiro foi pedido quando era já prefeito da cidade. Destinar-se-ia a uma gráfica, propriedade de um ex-deputado estadual do PT, mas segundo o Ministério Público terá acabado nos bolsos de Haddad,