Última hora
This content is not available in your region

Polícia do Nevada quer amostra de ADN de Cristiano Ronaldo

euronews_icons_loading
Polícia do Nevada quer amostra de ADN de Cristiano Ronaldo
Tamanho do texto Aa Aa

A polícia do estado do Nevada pediu, formalmente, às autoridades italianas para obterem uma amostra de ADN de Cristiano Ronaldo, no âmbito da investigação às acusações de violação de que está a ser alvo. Os "média" dos EUA dizem que se procura confirmar se uma amostra de ADN, retirada no vestido da alegada vítima, pertence ao capitão da seleção lusa.

O caso veio a lume em setembro último quando Kathryn Mayorga processou o avançado da Juventus por violação em Las Vegas em 2009, adiantando que este lhe pagou pelo silêncio. Agora Mayorga que que se anule o acordo feito na altura e pede uma indemnização maior.

O internacional português, de 33 anos, escrevia nas redes sociais estar de "consciência tranquila", dizia-se inocente, enquanto esperava, também com "tranquilidade (...) os resultados da investigação".

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.