Apple acerta contas com o fisco francês

Apple acerta contas com o fisco francês
Tamanho do texto Aa Aa

A Apple chegou a acordo com o governo francês para pagar os impostos em atraso que devia - uma quantia que não foi revelada, mas que a revista L'Express situa nos 500 milhões de euros. A quantia agora paga diz respeito a retroativos dos últimos dez anos.

As gigantes tecnológicas, como a Apple e a Amazon, estão a enfrentar cada vez mais pressões da Comissão Europeia e de vários governos. O ministro francês da Economia, Bruno Le Maire, quer mesmo criar uma taxa europeia de 3%, a aplicar aos lucros obtidos online pelas empresas deste ramo.

"O tema da fiscalidade online representa um momento da verdade. Ou a Europa mostra que está unida, ou se divide e fica mais fraca", diz Le Maire.

A Comissão Europeia já obrigou a Apple a pagar 13 mil milhões de euros ao fisco irlandês, por ter tido benefícios fiscais que Bruxelas considera ilícitos.