Dor e choque depois da tragédia do Flamengo

Dor e choque depois da tragédia do Flamengo
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Personalidades como Zico ou Neymar mostraram-se tristes e solidárias com as vítimas e famílias.

PUBLICIDADE

No Rio de Janeiro, reina o choque depois do incêndio que devastou uma parte do Centro de Formação do Flamengo e fez dez mortos, todos eles jovens futebolistas de entre 14 e 16 anos. Há ainda um ferido em estado grave e dois feridos ligeiros.

Este vídeo mostra como era o ambiente entre os jovens, antes da tragédia. O de camisola vermelha é Athila Paixão, uma das vítimas mortais.
Zico, antiga glória do clube, ainda está incrédulo.
View this post on Instagram

Meus sentimentos ???

A post shared by EneJota ?? ? neymarjr (@neymarjr) on

Também Neymar Júnior, estrela da seleção brasileira e do Paris Saint Germain, mostrou solidariedade para com o Flamengo.

 O incêndio destruiu uma ala pré-fabricada no centro de treinos, conhecido como "Ninho do Urubu", que deveria em breve ser substituída por uma estrutura definitiva. Esta já é considerada a maior tragédia dos 123 anos de história do Flamengo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Rio de Janeiro chora as vítimas da tragédia do Flamengo

Polícia liberta 17 reféns de assalto a autocarro no Rio de Janeiro

Escolas de samba já desfilam no Brasil