EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

PP une-se à extrema-direita em protesto contra Pedro Sánchez

PP une-se à extrema-direita em protesto contra Pedro Sánchez
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Em Espanha, a direita e a extrema-direita pedem a uma só voz o afastamento de Pedro Sánchez e a convocação de eleições antecipadas.

PUBLICIDADE

Sob o apelo dos partidos da direita e da extrema-direita espanhola, vários milhares de pessoas (45 mil, segundo as autoridades) concentraram-se no centro de Madrid em protesto contra o governo socialista.

Juntos, o líder do Partido Popular (PP), Pablo Casado, do Ciudadanos, Albert Rivera, e do Vox, Santiago Abascal, exigem eleições antecipadas.

O primeiro-ministro Pedro Sánchez é acusado de "trair" a Espanha ao abrir o diálogo com os independentistas catalães, apontados como incontornáveis para fazer aprovar o próximo orçamento.

Tudo isto acontece dois dias antes do início do julgamento de 12 antigos dirigentes independentistas, envolvidos no processo de autodeterminação da Catalunha.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Espanha recusou autorização para escala a navio que transportava armas para Israel

Vitória socialista nas eleições catalãs põe fim ao domínio pró-independência

Um arquiteto juntou-se a 17 famílias e nasceu a primeira cooperativa de habitação em Madrid