EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Papa pede "ações concretas" contra a pedofilia

Papa pede "ações concretas" contra a pedofilia
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A enviada da euronews ao Vaticano, Giorgia Orlandi, faz o ponto da situação relativamente ao segundo dia da cimeira sobre a pedofilia na Igreja Católica.

PUBLICIDADE

A enviada da euronews ao Vaticano, Giorgia Orlandi, faz o ponto da situação relativamente ao segundo dia da cimeira sobre a pedofilia na Igreja Católica: "algumas vítimas de abuso não estão contentes com a abertura da cimeira sobre a proteção de menores. Alguns dizem estar desiludidos porque um grupo de sobreviventes, não conseguiu um encontro com o Papa, um dia antes do início do evento. No entanto, outros participantes da cimeira ficaram impressionados com os 5 vídeos de testemunho sobre as histórias dos abusados. A ideia-chave do papa Francisco ontem foi: "ações concretas", resumidas num documento com 21 pontos, um manual de diretrizes para ajudar a Igreja a administrar a crise. Uma forma de tornar as discussões eficazes: dos protocolos à avaliação psicológica dos candidatos a padres. Hoje o tema da discussão é o princípio da "responsabilidade" - a obrigação de prestar contas em casos de abuso".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Bispos querem nova cultura de responsabilidade na Igreja

Von der Leyen visita Roma durante campanha eleitoral para as europeias

Mil italianos assinam manifesto para que Draghi seja presidente da Comissão Europeia