Última hora

Grand Slam de Düsseldorf conclui com ouro para o Japão, Azerbaijão, Brasil e Cuba

Grand Slam de Düsseldorf conclui com ouro para o Japão, Azerbaijão, Brasil e Cuba
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Com a participação recorde de atletas e de países - 603 atletas de 93 países – o Grand Slam de Düsseldorf foi um impressionante espetáculo de judo.

Nos três dias das competição as catorze medalhas de ouro do quadro foram compartilhadas por seis países: o Japão somou nove e o Kosovo, Brasil, Cuba, Azerbaijão e Reino Unido uma.

Na última jornada de hoje estiveram em competição as categorias mais pesadas. O dia foi marcado não só por combates mais longos e mais pontos de ouro mas também por algumas surpresas.

As Duas Mulheres do Dia

A brasileira ex-campeã do mundo Mayra Aguiar revelou-se uma das nossas mulheres do dia. A competir em -78 kg, a judoca lutou e venceu frente à alemã Anna Maria Wagner, marcando Osoto gari para conquistar a que foi a sua quinta medalha de ouro num Grand Slam.

Mayra Aguiar foi condecorada perante uma casa cheia pelo presidente do município da cidade de Düsseldorf Thomas Geisel.

A nossa segunda mulher do dia foi a cubana Idalys Ortiz, que defrentou a japonesa atual campeã do mundo Sarah Asahina na final feminina de +78kg, numa batalha tática que deu à campeã olímpica de Londres uma vitória importante.

Ortiz levou ouro para Cuba, provando e comprovando o seu estatuto de favorita.

As medalhas da categoria foram atribuídas pelo Presidente da Federação Alemã de Judo, Peter Frese.

"Somos ambas boas atletas, mas numa batalha tem que haver inevitávelmente um vencedor," comentou a cubana sobre a sua vitória.

O nosso Homem do Dia

O primeiro lugar do pódio em -90kg foi reivindicado pelo nosso homem do dia, Mammadali Mehdiyev, do Azerbaijão. O seu judo eletrizante nos preliminares deixou clara a sua intenção de marcar Ippon até ao ouro. Na final, o judoca lutou frente ao japonês Sanshiro Murao mas a bandeira do Azerbaijão voaria mais alto, pela primeira vez este ano em Düsseldorf.

"Na minha opinião, nos judocas japoneses a idade não faz diferença, jovens ou menos jovens os atletas japoneses são muito dotados a nível técnico. Mas no início do combate, o Sanshiro Murao foi penalizado duas vezes e esse facto deu-me a vantagem no final. Dei o meu melhor e venci, estou muito feliz," afirmou.

O vencedor da medalha de prata nos Olímpicos de 2016 Hisayoshi Harasawa sagrou-se campeão em +100kg. Um Uchi-mata superlativo, a sua técnica favorita, fez voar o russo Inal Tasoev, fazendo-o aterrar nas suas costas para Ippon.

O nipônico foi premiado com a medalha de ouro pelo convidado da Federação Internacional de Judo Wim Vogel.

Num confronto de titãns, o japonês Kentaro Iida eliminou com um impressionante ashi-waza as esperanças de ouro em -100kg do coreano Guham Cho.

O Movimento do Dia

O nosso movimento do dia resultou na grande surpresa do início da jornada, com a derrota da japonêsa atual campeã do mundo Shori Hamada pela russa Antonina Shmeleva em -78kg. Um belíssimo Osoto-gari para encerrar o que foi um belíssimo torneio de judo.

A seleção portuguesa

A comitiva portuguesa em Düsseldorf incluíu um total de catorze judocas, que tiveram a orientação dos treinadores Ana Hormigo, Pedro Soares e Go Tsunoda.

Em competição estiveram hoje Tiago Rodrigues (-90 kg), Jorge Fonseca (-100 kg), Yahima Ramirez e Patrícia Sampaio (-78 kg), e Rochele Nunes (+78 kg).

O português Jorge Fonseca foi eliminado na terceira ronda dos -100 kg não conseguindo repetir a medalha de bronze conquistada em 2018 na prova alemã.

O judoca olímpico português afastou o húngaro Zalan Ohat na segunda ronda, mas acabou por ser eliminado na terceira, pelo letão Jevgenijs Borodavko, no ponto de ouro.

Momento do confronto entre Jorge Fonseca e o húngaro Zalan Ohat

Nos -90 kg, Tiago Rodrigues perdeu logo no primeiro combate, frente ao japonês Sanshiro Murao, enquanto Yahima Ramírez (-78 kg), Patrícia Sampaio (-78 kg) e Rochele Nunes (+78 kg) foram eliminadas na segunda ronda.

Em balanço, a judoca Catarina Costa foi o grande trunfo da comitiva portuguesa em Düsseldorf, conquistando a medalha de bronze nos -48 kg logo no primeiro dia da competição.

O próximo torneio da Federação Internacional de Judo terá lugar de 8 a 10 de Março em Marraquexe.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.