Referendo no Egito pode dar terceiro mandato a al-Sisi

Referendo no Egito pode dar terceiro mandato a al-Sisi
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Egípcios votam num referendo que pode dar ainda mais poderes ao presidente. Opositores denunciam o regresso ao autoritarismo.

PUBLICIDADE

Se tudo correr como pretende o presidente do Egito, este poderá ficar no poder até 2030.

Essa é uma das principais alterações constitucionais levadas a referendo este sábado: alargar o mandato presidencial de quatro para seis anos e permitir uma terceira candidatura consecutiva.

Na prática, as mudanças abrem caminho a um novo mandato de Abdel Fattah al-Sisi a partir de 2024. Recorde-se que em 2014 e 2018 foi eleito com mais de 96% dos votos.

Do lado do chefe de Estado, argumenta-se que a revisão é essencial para completar as grandes reformas de que o país necessita.

Os opositores denunciam um regresso ao autoritarismo e avançam com o exemplo da repressão crescente sobre os media. Os resultados serão anunciados oficialmente no dia 27 de abril.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Egito abriu três dias de votos nas Presidenciais que devem sorrir a Al-Sissi

Referendo australiano chumba proposta de Comissão de Defesa dos Indígenas

Polónia realiza referendo simultâneo com as eleições legislativas em outubro