Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Joe Biden candidata-se às presidenciais dos EUA

Joe Biden candidata-se às presidenciais dos EUA
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Trump tem mais um possível adversário para 2020. Joe Biden anunciou a candidatura à presidência dos Estados Unidos.

Entre as bandeiras do Democrata está a proteção económica das classes média e de baixos rendimentos.

Duro crítico das políticas e posições do atual presidente norte-americano, Biden volta, na campanha, a apontar o dedo à atuação de Trump no caso do atentado supremacista de Charlottesville.

"Não podemos esquecer o que aconteceu em Charlottesville. Ainda mais importante, temos de nos lembrar quem somos. Isto é a América", afirma o Democrata, no vídeo de apresentação da candidatura.

Outrora vice-presidente de Obama, Biden é o vigésimo Democrata a candidatar-se às presidenciais e o líder nas intenções de voto dentro do partido, de acordo com uma sondagem da Reuters com a Ipsos, que lhe dá 24% dos votos nas Primárias.

O apoio vem sobretudo de minorias e dos adultos mais velhos. Uma figura consensual em todo o país, diz a mesma sondagem, que não saiu beliscada de recentes acusações de conduta imprópria para com mulheres.

Depois de dois mandatos na vice-liderança da Casa Branca, Biden tenta aos 76 anos e pela terceira vez chegar à presidência dos Estados Unidos.