Última hora

UE adia decisão sobre negociações para alargamento

UE adia decisão sobre negociações para alargamento
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Foi adiada para outubro a decisão sobre o início ou não das negociações para a adesão da Albânia e da Macedónia do Norte à União Europeia.

No final do mês passado, a Comissão Europeia tinha recomendado ao Conselho a abertura das negociações para a adesão dos dois países.

Mas no Conselho de Assuntos Gerais, países como a França e a Holanda mostraram-se relutantes a admitir novos membros.

"É lamentável que uma minoria de Estados-Membros não tenha apoiado a clara proposta da Comissão para a abertura das negociações com a Albânia e a Macedónia do Norte já hoje. A nossa credibilidade coletiva está em jogo e os nossos incentivos e a nossa influência para reformas duras na região também estão em jogo", realçou Johannes Hahn, o Comissário Europeu responsável pelas Negociações de Alargamento.

Os 13 países a favor da abertura das conversações, desde a Itália à Polónia, consideram que a credibilidade da União Europeia está agora em risco, depois de a Macedónia ter chegado a um acordo histórico com a Grécia sobre o nome do país, pondo fim a um conflito e abrindo caminho para aderir ao bloco europeu e à NATO.

Alguns diplomatas disseram à Reuters que a Macedónia do Norte tem mais hipóteses de conseguir a abertura das negociações ainda este ano, do que a Albânia.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.