A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Polícia brasileira detém dois alegados elementos da máfia italiana

Polícia brasileira detém dois alegados elementos da máfia italiana
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A operação "Barão Invisível" tornou visível o esquema usado por dois narcotraficantes suspeitos de atuar como braço da máfia italiana 'Ndrangheta na América do Sul.

Nicola Assisi, o "Fantasma da Calábria" conhecido como um dos maiores traficantes de cocaína do mundo, e o filho Patrick foram detidos em Paria Grande, no litoral de São Paulo.

Os dois homens constam da lista dos cem fugitivos mais perigosos de Itália. Viveram em Portugal e na Argentina antes de se estabelecerem no Brasil.

A casa que serviu de esconderijo para as operações no Brasil contava com um sofisticado dispositivo de videovigilância. A Polícia Federal brasileira encontrou ainda elevadas quantias de dinheiro em espécie, documentos falsos, armas e veículos.

A extradição para Itália pode acontecer nas próximas semanas.

De acordo com a polícia brasileira, a 'Ndrangheta, da região da Calábria, controla "cerca de 40% do transporte mundial de cocaína, sendo o principal importador de droga para a Europa."