Última hora

Rapper A$AP Rocky vai aguardar sentença em liberdade

Rapper A$AP Rocky vai aguardar sentença em liberdade
Tamanho do texto Aa Aa

O 'rapper' americano A$AP Rocky vai aguardar em liberdade o veredicto do processo por agressão levado a cabo pela justiça sueca.

Os procuradores pedem uma pena de prisão de seis meses para o músico e para outros dois membros da sua 'entourage'. A decisão do tribunal de Estocolmo deve ser conhecida no próximo dia 14 de agosto.

O artista nova-iorquino passou o último mês na prisão e alegou estar inocente das acusações de que é alvo, com o seu advogado, Slobodan Jovicic, a assegurar que A$AP Rocky agiu em legítima defesa contra a vítima numa rixa em 30 de junho.

O músico seria detido no dia 3 de julho após um concerto, juntamente com outras três pessoas que faziam parte da sua equipa. Dois dias mais tarde, o decretou a prisão dos três arguidos, alegando "risco de fuga" para o exterior.

A$AP Rocky recorreu já às redes sociais para agradecer aos fãs pelo apoio. Também Donald Trump reagiu ao desenvolvimento deste caso mediático no Twitter, congratulando-se pela libertação do 'rapper'.

O processo tornou-se uma questão diplomática nas últimas semanas, na sequência das declarações públicas do presidente americano no Twitter a exigir a libertação do músico, algo que terá mesmo feito diretamente ao primeiro-ministro sueco, Stefan Löfven.

De acordo com alguns analistas políticos, o mediático processo de A$AP Rocky foi também aproveitado por Donald Trump para cortejar o eleitorado afro-americano em plena pré-campanha para as eleições presidenciais de 2020.

A decisão foi recebida com alegria por cerca de duas dezenas de fãs do músico, de 30 anos, que aguardaram a decisão do juiz no exterior do tribunal na capital sueca.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.