EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Novas sepulturas milenares reveladas em Luxor

Novas sepulturas milenares reveladas em Luxor
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O achado pode agora ser mostrado ao público graças à cooperação com a ajuda externa norte-americana.

PUBLICIDADE

O público que visita a necrópole de Draa Abul Naga em Luxor, no Egito, pode agora ver duas novas sepulturas, abertas graças à colaboração entre as autoridades egípcias e o centro de pesquisas dos Estados Unidos, parte do programa de ajuda externa norte-americano. As duas tumbas pertencem à XIX e XX dinastias e incluem frescos em bom estado de conservação.

"Esta é a tumba de Rai, o quarto sacerdote do deus Amun. As pinturas mostram, sobretudo, cenas da vida quotidiana. Por isso podemos observar essas cenas, apreciar as cores lindas e ver o excelente trabalho que foi feito pelos conservadores egípcios", explica Mostafa Waziri, secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades do Egito.

Segundo a embaixada norte-americana no Cairo, os Estados Unidos contribuíram com cerca de dois milhões de dólares para a preservação destas duas sepulturas e de oito capelas no templo de Khonsu. Desde 1995, os Estados Unidos contribuíram com 100 milhões de dólares para projetos culturais no Egito.

Graças às riquezas arqueológicas, Luxor é um dos pontos mais visitados no Egito.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Vulcão na península de Reykjanes volta a entrar em erupção

Ilha de Menorca: aldeia de Binibeca Vell com horário restrito de visitas durante o verão

Centenas de residentes em Veneza manifestam-se contra “taxa de entrada” para turistas