A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Ataques podem comprometer petróleo saudita

Ataques podem comprometer petróleo saudita
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Até que ponto está comprometida a produção de petróleo saudita após os ataques lançados por uma dezena de drones sobre duas refinarias da Aramco, incluindo a maior unidade de processamento do mundo?

Riade declara que os danos não são graves. Mas alguns especialistas afirmam que a ofensiva em Abqaiq e Khurais poderá ter afetado a produção diária de até 5 milhões de barris, perto de metade do total das exportações.

Unidade em Abqaiq

Muito poucos detalhes estão a ser divulgados. Não é claro se há ou não vítimas.

Os rebeldes hutis, a combater no Iémen, reivindicam o ataque, o terceiro do género no espaço de cinco meses. O movimento huti, que a Arábia Saudita acusa de ser armado pelo Irão, reclama a investida como uma resposta à morte de civis em território iemenita às mãos de militares apoiados por Riade.

O ataque foi desencadeado durante a madrugada e gerou vários focos de incêndios.

O emissário da ONU para o Iémen, Martin Griffiths, diz-se "extremamente preocupado" com as consequências que tudo isto pode provocar.