EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Nova rutura entre Washington e Pyongyang

Nova rutura entre Washington e Pyongyang
Direitos de autor 
De  Bruno Sousa
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Negociações para a desnuclearização do país asiático terminaram sem acordo depois de apenas um dia

PUBLICIDADE

O impasse durou meses, o regresso à mesa de negociações não chegou a durar um dia. O encontro entre Estados Unidos e Coreia do Norte, nos arredores de Estocolmo, chegou ao fim sem um acordo que permita colocar um ponto final ao programa nuclear do país asiático. De acordo com o responsável pela delegação norte-coreana, Kim Myong Gil, a rutura entre as duas partes aconteceu porque as negociações não foram ao encontro das expectativas de Pyongyang.

O breve diálogo representou a primeira tentativa dos dois países para encontrar um acordo para a desnuclearização desde o fracasso que foi a cimeira de Hanói, que juntou Kim Jong-un e Donald Trump na capital do Vietname em fevereiro.

O novo fracasso está longe de surpreender. Afinal de contas, depois de anunciar o regresso à mesa de negociações, a Coreia do Norte não esperou vinte e quatro horas para voltar a desafiar a comunidade internacional com o lançamento de um novo míssil balístico de médio alcance. Uma violação direta das resoluções do Conselho de Segurança da ONU e que foi descrita por Washington como uma "provocação inútil".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Pyongyang apresenta novo míssil balístico

Cidade fronteiriça da Coreia do Sul e partes de Seul atingidas por fortes chuvas

Adesão da Ucrânia à UE: "caminho longo" mas "determinação inabalável", garante Bruxelas