EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Eleições antecipadas na Macedónia do Norte do veto da UE

Eleições antecipadas na Macedónia do Norte do veto da UE
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

França, Holanda e Dinamarca vetaram o início das negociações de adesão do país à União Europeia, um velho sonho dos macedónios do norte e pilar do projeto político do primeiro-ministro, Zoran Zaev, que convocou as novas eleições,

PUBLICIDADE

O primeiro-ministro da Macedónia do Norte convocou novas eleições depois da recusa da UE em abrir negociações de adesão do país balcânico, um projeto que estava no centro do programa político de Zoran Zaev.

O chefe de governo quer assim que o povo tenha nova palavra a dizer sobre o curso do país.

Depois de várias horas de debate em Bruxelas, os chefes de Estado e governo da União Europeia não estiveram de acordo e a abertura de negociações foi bloqueada através do veto da França, da Holanda e Dinamarca.

Zaev deverá agora enfrentar a feroz oposição dos nacionalistas que se bateram contra a mudança do nome (Antiga República Jugoslava da Macedónia), condição para Skopje entrar na UE e também na NATO.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Albânia e Macedónia do Norte voltam a ficar à porta da UE

Macedónia do Norte otimista sobre avanço do processo de adesão à UE

Balcãs Ocidentais pedem a Bruxelas que passe das palavras aos atos