Última hora

Eleições antecipadas na Macedónia do Norte do veto da UE

Eleições antecipadas na Macedónia do Norte do veto da UE
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro da Macedónia do Norte convocou novas eleições depois da recusa da UE em abrir negociações de adesão do país balcânico, um projeto que estava no centro do programa político de Zoran Zaev.

O chefe de governo quer assim que o povo tenha nova palavra a dizer sobre o curso do país.

Depois de várias horas de debate em Bruxelas, os chefes de Estado e governo da União Europeia não estiveram de acordo e a abertura de negociações foi bloqueada através do veto da França, da Holanda e Dinamarca.

Zaev deverá agora enfrentar a feroz oposição dos nacionalistas que se bateram contra a mudança do nome (Antiga República Jugoslava da Macedónia), condição para Skopje entrar na UE e também na NATO.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.