Última hora
This content is not available in your region

Rússia acusa EUA de abandonar curdos na Síria

Rússia acusa EUA de abandonar curdos na Síria
Tamanho do texto Aa Aa

A Rússia acusa os Estados Unidos de trair e abandonar os curdos da Síria e convidou os curdos a retirar-se da fronteira com a Turquia. A acusação foi feita pelo porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, e surge na sequência do acordo entre Moscovo e Ancara que levará as tropas russas a juntarem-se às turcas na patrulha da fronteira com a Síria e no combate às Unidades de Proteção Popular do Curdistão, consideradas por Ancara como um grupo terrorista.

O acordo foi alcançado após uma longa reunião entre Vladimir Putin e Recep Tayyip Erdoğan, além da patrulha conjunta da fronteira, Rússia e Turquia estão ainda em negociações para a entrega de uma remessa extra de mísseis russos S-400 a Ancara.

Os Estados Unidos até já vieram elogiar o estabelecimento de uma zona de segurança, mas a posição desafia diretamente o apelo feito pelas instâncias europeias.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.