Última hora
This content is not available in your region

Manuscrito dos Jogos Olímpicos modernos vai a leilão

euronews_icons_loading
Manuscrito dos Jogos Olímpicos modernos vai a leilão
Tamanho do texto Aa Aa

Catorze páginas bastaram para um francês trazer ao mundo moderno um dos grandes legados da Antiguidade grega. Em 1892, Pierre de Coubertin escreveu o documento que reavivou a tradição dos Jogos Olímpicos. Um manuscrito de um discruso que vai agora a leilão, em Nova Iorque.

Para Thomas Bompard, presidente da Sotheby`s da Costa Oeste,"isto é muito comovente, porque ele teve esta ideia de ressuscitar os Jogos Olímpicos apenas porque - e esse era o principal objetivo - queria que os jovens franceses tivessem acesso à prática regular de desporto.

Dois anos após ter feito o discurso, Coubertin fundou o Comité Internacional dos Jogos Olímpicos e em 1896 tinha lugar a primeira prova moderna, em Atenas. O documento de base será leiloado a 18 de dezembro e poderá ser arrematado por um milhão de dólares, quase 900 mil euros.