TPI condena 'senhor da guerra' congolês Bosco Ntaganda a 30 anos

TPI condena 'senhor da guerra' congolês Bosco Ntaganda a 30 anos
Direitos de autor 
De  João Paulo Godinho
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

'O Exterminador', como era conhecido Ntaganda, não demonstrou qualquer emoção na leitura da sentença no tribunal.

PUBLICIDADE

O Tribunal Penal Internacional (TPI) condenou a 30 anos de prisão o congolês Bosco Ntaganda, conhecido como 'O Exterminador'.

Um senhor da guerra na República Democrática do Congo, Ntaganda já havia sido declarado culpado em julho dos crimes de homicídio, violação e escravatura sexual num conflito étnico entre 2002 e 2003.

Durante a leitura da sentença pelo juiz-presidente do TPI, Robert Fremr, nesta quinta-feira, 'O Exterminador' não mostrou qualquer sinal de emoção ou arrependimento.

A sentença de 30 anos é uma das maiores alguma vez aplicadas por um tribunal internacional e a mais pesada do TPI.

(Notícia atualizada às 15h00 GMT)

Outras fontes • Reuters / Lusa

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Inundações da República Democrática do Congo matam mais de 400 pessoas

Inundações na RDC leva muitas pessoas a perderem tudo incluindo a família

Nestlé destrói dois milhões de garrafas de água Perrier "como medida de precaução"