Última hora

Bolívia rumo a novas eleições

Bolívia rumo a novas eleições
Tamanho do texto Aa Aa

A Bolívia ensaia os primeiros passos rumo a novas eleições.

Os deputados discutem esta quinta-feira um projeto-lei que anula as eleições de outubro.

O governo interino, liderado pela antiga senadora Jeanine Anez, ainda não definiu uma data para as eleições anunciando apenas que teriam lugar no próximo ano.

O partido Movimento para o Socialismo (MAS), ligado ao antigo presidente Evo Morales, afirmou que vai apresentar novos candidatos.

Evo Morales e o antigo vice-presidente, Alvaro Garcia Linera, ficam afastados da corrida eleitoral.

Após 14 anos no poder, Evo Morales foi pressionado a demitir-se a 10 de novembro na sequência de protestos populares e pressões de grupos civis e das forças de segurança.

Uma auditoria internacional revelou graves irregularidades cometidas na contagem dos votos das eleições de outubro nas quais Morales havia reclamado vitória.

Os protestos e violência já provocaram 32 vítimas mortais.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.