Bolívia rumo a novas eleições

Bolívia rumo a novas eleições
De  Joao Duarte Ferreira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os deputados já estão a discutir um projeto-lei que abre caminho a novas eleições no próximo ano

PUBLICIDADE

A Bolívia ensaia os primeiros passos rumo a novas eleições.

Os deputados discutem esta quinta-feira um projeto-lei que anula as eleições de outubro.

O governo interino, liderado pela antiga senadora Jeanine Anez, ainda não definiu uma data para as eleições anunciando apenas que teriam lugar no próximo ano.

O partido Movimento para o Socialismo (MAS), ligado ao antigo presidente Evo Morales, afirmou que vai apresentar novos candidatos.

Evo Morales e o antigo vice-presidente, Alvaro Garcia Linera, ficam afastados da corrida eleitoral.

Após 14 anos no poder, Evo Morales foi pressionado a demitir-se a 10 de novembro na sequência de protestos populares e pressões de grupos civis e das forças de segurança.

Uma auditoria internacional revelou graves irregularidades cometidas na contagem dos votos das eleições de outubro nas quais Morales havia reclamado vitória.

Os protestos e violência já provocaram 32 vítimas mortais.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

União Europeia e ONU medeiam crise no país

Funerais de apoiantes de Evo Morales

Morales quer mediação da ONU na crise política da Bolívia