Última hora

Democratas deverão apresentar acusação formal contra Trump

Democratas deverão apresentar acusação formal contra Trump
Tamanho do texto Aa Aa

A névoa de mistério sobre a Casa Branca está prestes a dissipar-se. Ainda esta terça-feira, é esperado que os Democratas na Câmara dos Representantes revelem os dois artigos que vão fundamentar o processo de destituição de Donald Trump.

De acordo com fontes anónimas ao jornal Washington Post, a acusação formal terá então por base os crimes de abuso de poder e obstrução aos trabalhos do Congresso.

Em causa está a alegada pressão ao presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskiy, para investigar a produtora de gás Burisma, que contratara Hunter, filho de Joe Biden, tido como o principal candidato Democrata às presidenciais de 2020.

O presidente da comissão de Justiça da Câmara dos Representantes encerrou, esta segunda-feira, uma audiência de nove horas com uma condenação à conduta de Trump.

"Membros desta comissão, membros desta Câmara, caros concidadãos, deixem-me ser absolutamente claro; o que está em causa é a integridade das próximas eleições, nada poderia ser mais urgente", afirmou Jerry Nadler.

O presidente dos Estados Unidos nega as acusações, alegando que tudo se trata de "um embuste e nunca deveria poder voltar a acontecer".

Caso a Câmara dos Representantes aprove os artigos, - tal como é esperado que aconteça esta semana - o Senado, controlado pelos Republicanos, levará a cabo um julgamento para decidir se retira o cargo ao presidente. Um procedimento que os analistas consideram pouco provável.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.