Última hora
This content is not available in your region

Áustria: oposição contesta ministra da Justiça apontada pelos Verdes

Áustria: oposição contesta ministra da Justiça apontada pelos Verdes
Direitos de autor
afp
Tamanho do texto Aa Aa

Um dia depois de os Verdes terem aprovado a coligação com os conservadores para governarem a Áustria, o antigo aliado da ÖVP não quer que a escolhida pelos Verdes para Ministra da Justiça tome posse.

O secretário-geral do Partido da Liberdade da Áustria (FPÖ) pediu ao Presidente para não dar posse a Alma Zadic, por ela ter sido condenada em primeira instância. No Twitter, a política dos Verdes partilhou fotos de um membro do grupo de estudantes universitários que alegadamente mostraria a saudação nazi. O Tribunal de Viena condenou-a por calúnia. Zadic recorreu.

O secretário-geral quer que o presidente da Áustria Alexander Van der Bellen, ex-líder dos Verdes, aja de forma independente e não aprove a mulher de origem bósnia. Van der Bellen descartou a possibilidade do ex-ministro do Interior do FPö regressar ao Executivo depois do escândalo Ibiza.

A coligação dos Verdes com os conservadores do Partido Popular Austríaco deve tomar posse na terça-feira, em Viena. O chanceler será Sebastian Kurz, que defendeu, em entrevista, este domingo, a controversa prisão preventiva de pessoas classificadas como perigosas, em caso de suspeita.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.