Última hora
This content is not available in your region

Supremo Espanhol recusa-se a reconhecer Oriol Junqueras como eurodeputado

Supremo Espanhol recusa-se a reconhecer Oriol Junqueras como eurodeputado
Direitos de autor
euronews
Tamanho do texto Aa Aa

O Supremo Tribunal espanhol recusou-se a reconhecer Oriol Junqueras como eurodeputado. Negou-lhe a imunidade e rejeita libertar o independentista catalão - Junqueras foi um dos líderes envolvidos na tentativa de independência da Catalunha.

Enfrenta uma sentença de 13 anos de prisão e a impossibilidade de exercer cargos públicos - está preso desde novembro de 2017.

Esta decisão acontece depois da sentença favorável do Tribunal de Justiça da União Europeia - que decidiu reconhecer-lhe o estatuto de eurodeputado, para que pudesse assumir funções.

A resposta da justiça espanhola inviabiliza a tomada de posse do independentista catalão, agendada para a próxima segunda-feira, em Estrasburgo. A defesa do Líder da Esquerda Republicana da Catalunha tinha pedido a anulação da sentença, mas o mas tribunal também rejeitou essa hipótese.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.