Última hora
This content is not available in your region

Coronavírus põe em risco Mobile World Congress

euronews_icons_loading
Coronavírus põe em risco Mobile World Congress
Direitos de autor
Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved - Emilio Morenatti
Tamanho do texto Aa Aa

O novo surto de coronavírus está a pôr em risco o Mobile World Congress, um dos maiores eventos mundiais de tecnologia. A grande feira espanhola dedicada às novidades no setor móvel está a assistir a várias desistências dos gigantes da área. LG, Amazon, Sony e Facebook são apenas algumas das empresas que já garantiram que não vão estar presentes nesta edição.

A porta-voz do governo espanhol, Mara jesus montero, garante que a organização redobrou as medidas de segurança e de higiene para que nada falhe no encontro.

Os rumores de um possivel cancelamento não tardaram a chegar, mas a organização garante que cancelar o congresso não está, por enquanto, em cima da mesa. Os comerciantes de Barcelona mantêm-se tranquilos.

"Tenho contactos nos hotéis e eles dizem-me que não sofreram cancelamentos. Neste momento estamos calmos.", conta um dono de um restaurante localizado perto onde se realiza o evento.

(AP Photo/Manu Fernandez)
Edição do Mobile World Congress de 2019(AP Photo/Manu Fernandez)

Um congresso desta dimensão mexe com a cidade toda. Os taxistas sabem que um cancelamento significaria menos dinheiro

"Um cancelamento seria um golpe na economia", conta um taxista. "Afetaria muito Barcelona e todo o setor hoteleiro", admite um outro.

Nos outros anos, o Mobile World Congress gerou mais 500 milhões à economia local. Além de todos os negócios conseguidos entre participantes e empresas espanholas ao longo dos três dias.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.