Última hora
This content is not available in your region

Número de mortes cresce em Itália, França e Reino Unido

euronews_icons_loading
Número de mortes cresce em Itália, França e Reino Unido
Direitos de autor  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

O número diário de mortes por Covid-19 no Reino Unido voltou a aumentar. O total de óbitos ultrapassa já 12 mil, só nos hospitais, segundo os dados publicados esta terça-feira, que dão conta de um aumento de 778 mortes em relação ao dia anterior. Segunda-feira o número tinha sido de 717.

Em termos económicos, segundo as previsões publicadas esta terça-feira, a queda no PIB britânico pode ser de 35%. A crise causada pela epidemia pode ainda custar o emprego a dois milhões de pessoas.

A Itália ultrapassou os 20 mil mortos por culpa da COVID-19. O número diário de óbitos subiu ligeiramente em relação a segunda-feira e foi de 566. O país continua a ocupar o segundo lugar na lista dos países onde a epidemia mais matou até agora, atrás dos Estados Unidos.

O número de infetados aproxima-se dos 160 mil. A boa notícia do dia é que o crescimento diário de novos casos foi o mais baixo em mais de um mês.

Em França, enquanto alguns continuam a aproveitar as exceções ao confinamento e o sol para fazer exercício, algumas ruas estão tão desertas que até a vida selvagem voltou, como Boissy-Saint-Leger, nos arredores de Paris, onde dois veados foram filmados a passear.

As autoridades francesas anunciaram 762 novas mortes de Covid-19, incluindo 559 nos hospitais e 221 nos lares de idosos.

Um estudo de investigadores britânicos, com base em dados oficiais, diz que metade das mortes de Covid ocorridas na União Europeia acontecem neste tipo de estabelecimentos.