Vespa "assassina" detetada nos EUA

Vespa "assassina" detetada nos EUA
Direitos de autor Karla Salp/Washington State Department of Agriculture via AP
Direitos de autor Karla Salp/Washington State Department of Agriculture via AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Vespa asiática gigante é particularmente perigosa para as explorações de mel, mas a picada também pode reclamar vidas humanas

PUBLICIDADE

Em plena pandemia de coronavírus, os Estados Unidos enfrentam agora outra ameaça, que pode afetar explorações de mel, agrícolas e mesmo reclamar vidas: foi identificado no território a presença de vespas asiáticas gigantes, também conhecidas pelo nome de "vespas assassinas", devido ao apetite voraz por colónias de abelhas e cujas picadas já provocaram mortes humanas em vários pontos do globo.

O nosso principal receio é o impacto para os apicultores, podem arruiná-los ou significar custos importantes. É algo que queremos evitar.
Chris Looney
entomólogo do Departamento de Agricultura do Estado de Washington

A chamada "vespa assassina" foi recentemente detetada no Estado de Washington.

Podendo chegar aos 5 centímetros, é uma espécie ainda mais perigosa do que a vespa asiática responsável, há vários anos, pela destruição de numerosas explorações de mel na Europa e, nomeadamente, em Portugal.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Agentes da autoridade mortos a tiro no Estado de Nova Iorque

Nova Iorque sacudida por terramoto de 4,8 na escala de Richter, o maior em mais de 40 anos

Israel vai abrir dois corredores de ajuda humanitária em Gaza após aviso dos EUA