Última hora
This content is not available in your region

Turquia apela a apoio internacional ao Azerbaijão

euronews_icons_loading
Turquia apela a apoio internacional ao Azerbaijão
Direitos de autor  Euronew / Bars Media
Tamanho do texto Aa Aa

A Turquia pediu à "comunidade internacional para se posicionar a favor do Azerbaijão", no conflito de Nagorno-Karabakh. O apelo foi feito, esta terça-feira, durante a visita do ministro turco dos Negócios Estrangeiros, Mevlut Cavusoglu, a Baku. O chefe da diplomacia turca questionou ainda a necessidade de um cessar-fogo na região.

A Arménia já reagiu, acusando Ancara de estar "a encorajar o Azerbaijão a não aceder aos apelos do Grupo de Minsk da OSCE para cessar as hostilidades". Numa declaração enviada à Euronews, o ministro arménio dos Negócios Estrangeiros, Zohrab Mnatsakanian, alega que é esse o propósito da visita do homólogo turco à capital azerbaijana.

O ministro da Defesa do Azerbaijão, Heydar Aliyev, confirma que a ofensiva é para manter, revelando terem sido "dadas instruções para continuar a destruição planeada, propositada e constante das forças inimigas".

Os confrontos em Nagorno-Karabakh eclodiram a 27 de setembro, reacendendo um conflito de há décadas na região.

França, Rússia e EUA condenam "a escalada de violência sem precedentes e perigosa" entre as forças arménias e azeris, apelado a um "cessar-fogo imediato e incondicional", mas nem o Azerbaijão, nem a Arménia dão sinais de recuo no conflito armado.