Última hora
This content is not available in your region

Europeus divididos sobre papel e importância da UE

euronews_icons_loading
Europeus divididos sobre papel e importância da UE
Direitos de autor  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Uma crise sanitária e económica e um aprofundamento das divisões internas: A União Europeia debate-se com desafios sem precedentes e enfrenta um futuro incerto.

Qual é o sentimento sobre o projeto europeu nas nações fundadoras Alemanha, França e Itália? A Euronews recolheu amostras de opinião em cada uma delas, em parceria com as empress Redfield e WiltonStrategies.

Pertença à UE

Sobre esta questão básica, alguns são mais entusiastas do que outros. Os alemães estão felizes por estar na União, por uma maioria de 64%. Mas em França pouco mais de metade quer permanecer, enquanto em Itália a combinação de descontentes e céticos é maior do que o número de cidadãos satisfeitos com a pertença à União Europeia.

Euronews
Em caso de referendo sobre a pertença do seu país à UE, como votaria?Euronews

As opiniões sobre se a adesão à UE tem sido boa ou má para o país estão mais ou menos equilibradas em Itália e França, entre aqueles que a veem como positiva, negativa ou não sabem. Na Alemanha a opinião predominante, com 47%, é que ser membro do bloco tem sido benéfico.

Euronews
Ser membro da UE tem sido positivo ou negativo para o seu país?Euronews

Brexit

Estas são questões fundamentais com as quais os britânicos se debateram quando votaram, em 2016, no referendo para deixar a União. As futuras relações do país com a UE ainda não foram resolvidas. Será que o Brexit vai funcionar a longo prazo?

A grande maioria dos alemães não pensa assim: 58% não veem quaisquer benefícios a longo prazo. Mas cerca de 4 em cada 10 italianos e franceses acreditam que a Grã-Bretanha acabará por florescer fora do bloco. Uma opinião partilhada por pouco menos de metade dos próprios britânicos. A maioria não pensa assim ou não sabe.

Euronews
O Reino Unido vai beneficiar, a longo prazo, por ter deixado a União Europeia?Euronews

Bruxelas e os cidadãos

As atitudes em relação à UE entre os Estados-membros são uma questão de confiança. Mesmo se as pessoas de cada um dos países elegem os deputados ao Parlamento Europeu, para muitos, Bruxelas e as instituições europeias continuam muito distantes.

Isso pode explicar a opinião maioritária nos três países de que a UE não tem em mente os melhores interesses dos cidadãos. Mais de metade dos italianos sentem-se assim, tal como 46% dos franceses. Os alemães são os mais confiantes, com 40% a verem Bruxelas como bem-intencionada.

Euronews
Acredita que Bruxelas faz o melhor pelo seu país?Euronews

Com pessoas por toda a Europa a lutar pelo dia-a-dia, no meio de uma pandemia e de dificuldades económicas galopantes, a UE e o funcionamento das instituições não parecem estar no topo das mentes das pessoas. Mas a sondagem dá aos líderes do bloco muito em que pensar.