Última hora
This content is not available in your region

Comissão Europeia aprova fusão entre Peugeot-Citroën e Fiat-Chrysler

De  Euronews
euronews_icons_loading
Comissão Europeia aprova fusão entre Peugeot-Citroën e Fiat-Chrysler
Direitos de autor  Michel Euler/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

A União Europeia deu luz verde à fusão do Grupo francês PSA- Citroën com a ítalo-americana Fiat Chrysler Automobiles. O maior negócio na industria automóvel em 2020.

Esta aprovação, à beira do natal, faz da Holding Stellantis o segundo maior grupo automóvel da Europa.

O negócio ronda os 38 mil milhões de euros. A comissão Europeia justificou em comunicado: "Podemos aprovar a fusão da Fiat Chrysler e da Peugeot SA porque os seus compromissos facilitarão a entrada e expansão no mercado das pequenas carrinhas comerciais. Nos outros mercados onde os dois fabricantes de automóveis estão atualmente ativos, a concorrência continuará a ser total após a fusão".

O grupo tem valores seguros como a Jeep a Peugeot, a Citroën ou a Opel, mas tem também as marcas mais difíceis como a Fiat, Alfa Romeu ou Chrysler que vai ser preciso dinamizar com as sinergias da fusão.

O objetivo, daquilo que será, na prática, a aquisição da marca ítalo-americana pela francesa é uma economia de custos de seis mil milhões de dólares anuais, mantendo todas as fábricas a funcionar.