EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Tribunal italiano adia decisão no caso Open Arms

Tribunal italiano adia decisão no caso Open Arms
Direitos de autor ALBERTO PIZZOLI/AFP or licensors
Direitos de autor ALBERTO PIZZOLI/AFP or licensors
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Líder italiano da oposição, Matteo Salvini, terá que regressar ao tribunal no dia 20 de março

PUBLICIDADE

Um tribunal italiano decidiu este sábado adiar a audiência preliminar do caso que envolve o líder da oposição Matteo Salvini e a embarcação de resgate Open Arms.

Caberá agora aos juízes decidir no dia 20 de março se o líder da Liga será julgado na sequência das acusações de rapto e negligência relacionados com a embarcação espanhola de resgate Open Arms.

No exterior do tribunal, Matteo Salvini prestou declarações à imprensa.

“Eles disseram não a desembarcarem em Malta, disseram não a um porto espanhol, depois a um segundo porto espanhol. Recusaram uma proposta espanhola, dado que são uma embarcação espanhola, na qual podiam desembarcar os migrantes para uma embarcação militar espanhola. Ao fazê-lo, foi a própria Open Arms que colocou em risco as vidas dos 147 migrantes a bordo", acusou o secretário-geral da Liga, Matteo Salvini.

O caso remonta a 2019 quando Salvini ocupava o cargo de ministro do interior. 

Durante quase três semanas, a embarcação Open Arms que transportava migrantes a bordo, incluindo menores, viu-se impedida de atracar em portos italianos.

Caso seja considerado culpado, Salvini arrisca-se a uma pena que pode ir até 15 anos de prisão.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Salvini enfrenta julgamento no caso "Open Arms"

Migrantes do "Open Arms" autorizados a desembarcar em Itália

Câmara de Itália rejeita moção de desconfiança contra Matteo Salvini e Daniela Santanchè