Última hora
This content is not available in your region

Tribunal italiano adia decisão no caso Open Arms

De  euronews
euronews_icons_loading
Tribunal italiano adia decisão no caso Open Arms
Direitos de autor  ALBERTO PIZZOLI/AFP or licensors
Tamanho do texto Aa Aa

Um tribunal italiano decidiu este sábado adiar a audiência preliminar do caso que envolve o líder da oposição Matteo Salvini e a embarcação de resgate Open Arms.

Caberá agora aos juízes decidir no dia 20 de março se o líder da Liga será julgado na sequência das acusações de rapto e negligência relacionados com a embarcação espanhola de resgate Open Arms.

No exterior do tribunal, Matteo Salvini prestou declarações à imprensa.

“Eles disseram não a desembarcarem em Malta, disseram não a um porto espanhol, depois a um segundo porto espanhol. Recusaram uma proposta espanhola, dado que são uma embarcação espanhola, na qual podiam desembarcar os migrantes para uma embarcação militar espanhola. Ao fazê-lo, foi a própria Open Arms que colocou em risco as vidas dos 147 migrantes a bordo", acusou o secretário-geral da Liga, Matteo Salvini.

O caso remonta a 2019 quando Salvini ocupava o cargo de ministro do interior.

Durante quase três semanas, a embarcação Open Arms que transportava migrantes a bordo, incluindo menores, viu-se impedida de atracar em portos italianos.

Caso seja considerado culpado, Salvini arrisca-se a uma pena que pode ir até 15 anos de prisão.