Última hora
This content is not available in your region

Protestos contra Netanyahu já são tradição em Israel

euronews_icons_loading
Protestos contra Netanyahu já são tradição em Israel
Direitos de autor  AP Photo/Maya Alleruzzo
Tamanho do texto Aa Aa

A oposição israelita não baixa os braços e os protestos semanais contra o governo de Benjamin Netanyahu já duram há mais de sete meses. Este sábado não foi exceção, com centenas de pessoas a sair para a rua em Jerusalém para exigir a demissão do primeiro-ministro.

Argumentam que não é possível para Netanyahu liderar devidamente o país enquanto durar o julgamento por corrupção, onde é acusado de fraude, quebra de confiança e de aceitar subornos. O chefe do executivo israelita garante estar inocente.

Os manifestantes criticam ainda a atuação do governo no combate à pandemia de covid-19, que já matou cerca de quatro mil pessoas no país. A economia israelita foi fortemente atingida pelas medidas de restrição e a situação política não é muito melhor.

O país está dividido e ninguém consegue uma maioria que permita a formação de um governo estável. No mês de março estão previstas as quartas eleições legislativas no espaço de dois anos, em mais um teste de fogo para Netanyahu.